Quantidade de Páginas visitadas




O conselho de Classe constitui-se um momento de reflexão sobre as práticas presentes do cotidiano escolar, com o objetivo de acompanhar o processo de aprendizagem dos alunos e redirecionar as práticas pedagógicas docentes.
A LDBEM nº 9.394, de 24 de dezembro de 1996, em seu artigo 3º, inciso VIII, afirma que o ensino será ministrado com base no princípio da gestão democrática; e esta aponta as instâncias colegiadas na organização escolar como fundamentais para sua efetivação.
Nesse contexto, o Conselho de Classe como uma dessas instâncias desempenha importante papel, como um dos poucos espaços que permitem a discussão pedagógica do ensino e da aprendizagem de forma situada e integrada; configurando-se também, como espaço interdisciplinar de estudo e tomada de decisão sobre o trabalho pedagógico desenvolvido na escola.
É constituído pelo (a) diretor (a) , pelo pedagogo , por todos os docentes e os alunos representantes que atuam na mesma turma , por meio de:
- Pré-Conselho de Classe com toda a turma em sala de aula, sob a coordenação do professor representante e turma ou pedagogo.
- Conselho de Classe Integrado, com a participação da direção, equipe pedagógica, professores, da representação facultativa de alunos e pais de alunos por turma e ou série.


DEFINIÇÃO Reunião liderada pela equipe pedagógica de uma determinada turma.
FUNÇÃO Compartilhar informações sobre a classe e sobre cada aluno para embasar a tomada de decisões.
VANTAGENS Favorecem a integração entre professores, a análise do currículo e a eficácia dos métodos utilizados; facilita a compreensão dos fatos com a exposição de diversos pontos de vista.
ATENÇÃO Fazer sempre observações concretas e não rotular os alunos; cuidar para que a reunião não se torne apenas confirmação de aprovação ou de reprovação.
PLANEJAMENTO Conhecendo a pauta de discussão, listar os itens que pretende comentar. Todos os participantes devem ter direito à palavra para enriquecer o diagnóstico dos problemas, suas causas e soluções.
ANÁLISE O resultado final deve levar a um consenso da equipe em relação às intervenções necessárias no processo de ensino-aprendizagem considerando as áreas afetiva, cognitiva e psicomotora dos alunos.
COMO UTILIZAR AS INFORMAÇÕES O professor deverá usar essas reuniões como ferramenta de auto-análise. A equipe deve prever mudanças tanto na prática diária de cada docente como também no currículo e na dinâmica escolar, sempre que necessário.









Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito